2 Views
Farm Share
by Published on March 16, 2020

Trazer um novo olhar para a tecnologia no campo e para o digital. É com esse sentimento que a 21ª edição da Expodireto Cotrijal foi lançada durante evento com autoridades e entidades do setor na capital gaúcha, na manhã desta terça-feira (04). A feira é uma das maiores e de maior projeção no país no lançamento de máquinas e soluções para a lavoura de grãos e pecuária.

Os números mostram um crescimento acentuado desde a primeira edição do evento, em 2000. Em volume de negócios, na estreia, foram R$ 21 milhões; em 2019 foram R$ 2,4 bilhões. O número de visitantes subiu de 41 mil para 268 mil e o de expositores de 114 para 534. A área do parque triplicou: de 32 hectares para 98. 

Depois das perdas 

A Expodireto Cotrijal chega em meio às consequências de uma estiagem que afetou diversas regiões do Estado e que levou cerca de um terço dos municípios a decretarem situação de emergência. Soja, milho, pastagens, leite e fumo foram os que mais sofreram os efeitos.

Como palco de importantes debates setoriais, audiências públicas e momento de encaminhar demandas para as autoridades, a Expodireto Cotrijal deve ter anúncios mais efetivos para os produtores, uma vez que, os números das perdas já estarão consolidados. O secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Covatti Filho, disse que já nesta semana será lançado o Programa Pró-Milho para incentivar a cultura que foi a mais afetada nesta safra. O programa busca autossuficiência da produção do cereal no Estado, com 10% da área irrigada. Ainda para os impactos da seca a intenção é fortalecer o Programa Segunda Água, com linha de crédito específica para irrigação no campo e antecipar o Programa Sementes Forrageiras, com investimentos de R$ 4 milhões, para minimizar as perdas com pastagens que afetaram os produtores de leite. “Durante a feira pretendemos, também, dar respostas às demandas que nos foram solicitadas na edição passada. É importante ampliar os investimentos em tecnologia na agricultura para melhorar e fortalecer o setor com mais renda em menores propriedades. A Expodireto abre este campo”, reforça. 

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, destacou a importância da feira para a economia e desenvolvimento. Leite ressaltou que as tecnologias de irrigação, conservação de solo e inovações criadas por startups são fundamentais para elevar o patamar produtivo do Estado. “O agro é uma de nossas principais frentes. O Rio Grande do Sul é um Estado empreendedor e estamos em busca de tecnologia para sermos referência. Dedicação e esforço da nossa gente”, concluiu.

O agro é digital

Além dos 530 expositores nesta edição a Expodireto vai ter uma novidade : uma Arena Agrodigital. O espaço está sendo projetado com quatro auditórios onde vão ocorrer palestras simultâneas com especialistas em tecnologia, tendências para o futuro e Agricultura 4.0. No local estarão expositores de marcas multinacionais, instituições financeiras, agritechs e startups.  Por meio de um fone os visitantes vão poder escolher qual assunto querem acompanhar. “ A Expodireto tem contribuído muito com estes debates que incentivam o setor em melhorias. Teremos palestras importantes, fóruns de debate, audiências, programação para o jovem e a mulher rural e a força da agricultura familiar, atividade eleite como a da década pela ONU”, destaca o presidente da feira Nei Mânica.

A montagem dos estandes começou nesta segunda-feira (3/02) e tudo deve estar pronto até o dia 28. A Expodireto Cotrijal acontece de 2 a 6 de março, em Não-Me-Toque (RS). Confira em vídeo como foi o lançamento e as novidades desta edição:

Be the first person to like this.
Also from this author
by March 16, 2020
2 Views
As medidas estão contidas na Resolução 5/18 - publicada em 21 de novembro Desde o primeiro dia útil de janeiro de 2020, os produtores de frutas da Argentina devem provar que cumprem as Boas Práticas Agrícolas (BPA). O mesmo deverá ser feito um ano depois, pelos produtores de horticultura. Os requisitos básicos para as BPA incluem a obrigação de usar produtos fitossanitários autorizados pela Senasa (Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Agroalimentar) em seus recipientes originais e em cult...
by March 16, 2020
2 Views
Vale destacar que, no Sul do País, o cenário de baixa oferta deve continuar sendo verificado nos próximos meses O preço do leite pago ao produtor em fevereiro (referente ao volume captado em janeiro) foi de R$ 1,4175/litro na “Média Brasil” líquida, aumento de 3,6% (ou de quase cinco centavos) frente ao mês anterior, segundo pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. O movimento de alta nos preços do leite no campo, observado pelo terceiro mês seguido...
by March 16, 2020
2 Views
Ferramenta contribui para as medidas que visam impedir a entrada e a disseminação de doenças animais no país . Com objetivo de fortalecer medidas para proteger a saúde da produção pecuária nacional, o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural do México disponibilizou aos produtores o aplicativo para dispositivos móveis AVISE, que facilita a notificação de sintomas em animais que podem significar presença de doenças exóticas em uma fazenda ou unidade produtiva. O aplicativo se soma ...