2 Views
Farm Share
by Published on March 16, 2020

A abertura da etapa será no dia 16 de março, uma segunda-feira, e o prazo para aplicação da vacina vai até 14 de abril.

Com a autorização do Ministério da Agricultura para o Rio Grande do Sul antecipar a etapa de vacinação de maio para março, o produtor precisa estar atento aos novos prazos. As casas agropecuárias credenciadas junto à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural já estão realizando as encomendas das doses.  A abertura da etapa será no dia 16 de março, uma segunda-feira, e o prazo para aplicação da vacina vai até 14 de abril.

 

Após o fim da etapa, o produtor tem até cinco dias úteis para comunicar a imunização junto às Inspetorias de Defesa Agropecuária. O prazo para informar o procedimento, devido ao feriado de Tiradentes, se encerra no dia 22 de abril.

A recomendação dos técnicos da SEAPDR é que as doses sejam aplicadas logo no início da etapa. “Quando o produtor vai deixando o procedimento para os últimos dias, a chance de haver atraso ou problema para cumprir o manejo é maior”, alerta o médico veterinário Fernando Groff, do Programa de Combate à Febre Aftosa.

O presidente Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do Rio Grande do Sul, (Fundesa-RS) salienta a importância do setor produtivo fazer a sua parte. “Cada produtor é responsável pelo seu rebanho e produção. Atender aos chamados do Serviço Veterinário Oficial e cumprir as obrigações é apenas um dos passos.” Segundo Rogério Kerber, o produtor deve permanecer vigilante e notificar qualquer suspeita de doença, seja um sintoma ou um comportamento anormal do rebanho.

Categories:
Be the first person to like this.
Also from this author
by March 16, 2020
2 Views
As medidas estão contidas na Resolução 5/18 - publicada em 21 de novembro Desde o primeiro dia útil de janeiro de 2020, os produtores de frutas da Argentina devem provar que cumprem as Boas Práticas Agrícolas (BPA). O mesmo deverá ser feito um ano depois, pelos produtores de horticultura. Os requisitos básicos para as BPA incluem a obrigação de usar produtos fitossanitários autorizados pela Senasa (Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Agroalimentar) em seus recipientes originais e em cult...
by March 16, 2020
2 Views
Vale destacar que, no Sul do País, o cenário de baixa oferta deve continuar sendo verificado nos próximos meses O preço do leite pago ao produtor em fevereiro (referente ao volume captado em janeiro) foi de R$ 1,4175/litro na “Média Brasil” líquida, aumento de 3,6% (ou de quase cinco centavos) frente ao mês anterior, segundo pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. O movimento de alta nos preços do leite no campo, observado pelo terceiro mês seguido...
by March 16, 2020
2 Views
Ferramenta contribui para as medidas que visam impedir a entrada e a disseminação de doenças animais no país . Com objetivo de fortalecer medidas para proteger a saúde da produção pecuária nacional, o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural do México disponibilizou aos produtores o aplicativo para dispositivos móveis AVISE, que facilita a notificação de sintomas em animais que podem significar presença de doenças exóticas em uma fazenda ou unidade produtiva. O aplicativo se soma ...